Sobre o GT Catarina

O evento

O INSTITUTO GRANZOTTO criou um importante espaço para reunir os colaboradores e praticantes desta nova Gestalt-terapia, o qual se chama GTCATARINA – Encontro Catarinense de Gestalt-terapia. A primeira edição do encontro aconteceu em 2008, tendo como tema central “O sentido ético da clínica gestáltica”. Em 2009, em sua segunda edição, mais de uma centena de praticantes e interessados vieram construir e participar das discussões em torno do tema “As clínicas gestálticas: neurose, psicose e sofrimento ético-político”. Em 2010, o 3º GTCATARINA consolidou-se como o mais importante encontro de Gestalt-terapia do sul do Brasil. Ele dedicou-se a repensar um dos mais representativos conceitos da clínica gestáltica, a saber, “contato”, agora em sua interface com as transformações nos modos de socialização dos tempos modernos. De onde se depreendeu o título: “Contato em questão: intimidade e virtualidade”. Em 2012 tivemos o IV GTCATARINA que trouxe à discussão "O Sentido Político da Gestalt-terapia" e o I Colóquio Paul Goodman". Com a participação de colegas da Espanha, Argentina, Chile e de todas as regiões do Brasil este encontro passou a ser referência de uma Gestalt-terapia preocupada com uma clínica que está atenta ao Biopoder e todas as suas formas clínicas de resistência. O V GTCATARINA, realizado em abril de 2014, teve como tema a "Diferença e Inclusão" e apresentou os resultados do trabalho desenvolvido pelo Projeto de Inclusão Psicossocial na Cultiura, realizado pelo IGP, sob os auspícios do Ministério da Cultura.